29 de out de 2011

Dia do Fisioterapeuta e Terapeuta Ocupacional

Boa madrugada, visitantes e seguidores!
Recebi alguns e-mails perguntando porque não postei nada em comemoração ao nosso dia.
Bom, infelizmente, considero que exceto os avanços na área técnica da nossa área, e os estudos científicos que acadêmicos e profissionais estão sempre realizando, temos pouco pra comemorar.
Os anos passam e o nosso reconhecimento é infímo, nosso profissionalismo é quase sempre questionado e existe o cúmulo de uma questão como o Ato Médico (e para os estudantes e profissionais que não conhecem, visitem http://www.naoaoatomedico.org.br/), e isso me deixa triste e enfurecida.
Cenas com as quais me deparei nos estágios até hoje, a falta de respeito e de conhecimento, a falta de um teto salarial estabelecido, a falta de interesse dos órgãos reguladores que são permissivos com instituições de ensino que não tem a menor condição de existirem e diversos outros profissionais e tecnólogos de diversas áreas realizando procedimentos que são privativos a nós... Concordemos que o momento não é exatamente de comemoração.
O que faz valer a pena, e sempre fez, e comenpensa as horas de estudos, as provas, as ansiedades, as dificuldades não apenas da própria faculdade mas também pessoais que enfrentamos ao longo da graduação, são os pacientes.
Oito em cada dez academicos que cursam Fisio ou áreas da saúde, quando pergunto o porque da escolha do curso, me respondem (com algumas variações) que o objetivo é ajudar as pessoas. Portanto, pra verdadeiramente comemorar esse dia, devemos comemorar a realização profissional que alcançamos através dos pacientes.
Achei diversos vídeos de depoimentos de pacientes, mas resolvi não postá-los por dois motivos. Em primeiro lugar, porque embora seja maravilhoso notar a importancia do nosso trabalho para uma pessoa que voltou a andar, ou a executar um movimento e a voltar a ter uma vida normal ou o mais normal possível; isso é milhões de vezes maior quando percebemos que isso é fruto do nosso trabalho e do nosso conhecimento. Você pode ver mil vezes um depoimento de um paciente que explique em mil palavras qual é a importancia da fisioterapia na vida dele, mas quando o seu paciente te olhar nos olhos e dizer "Obrigado", o sentimento é indescritível.
Em segundo lugar, porque sempre temos que ter humildade e buscar melhorar. Sempre. E não estou falando apenas tecnicamente: temos que procurar o melhor dentro de nós mesmos a cada dia, conservar a esperança mesmo através de tudo que não esteve em nosso alcance para melhorar a qualidade de vida daquele paciente, e mesmo apesar das guerras que perdemos para a morte (mais especificamente no caso de profissionais hospitalares, unidades de terapia intensiva, etc). Na busca dessa humildade moral e espiritual, a lição mais linda e emocionante que eu já vivi é assistir o documentário "Doutores da Alegria", por isso partilho o link com vocês. Assistam, apaixonem-se e comprem o dvd no site dos Doutores da Alegria. Sempre que se sentirem desanimados, ou orgulhosos demais, assistam. É mais que um filme, é um remédio!


Para ver uma prévia, assista:
(depois é só assistir até a parte 9)


Para download do filme, clique aqui

Para adquirir o filme, acesse o site dos Doutores da Alegriawww.doutoresdaalegria.org.br/

Nenhum comentário: